Lembrar-me
A senha será enviada por e-mail para você
Por favor digite seu usuário ou endereço de e-mail. Você receberá um linkpara criar um nova senha via e-mail
Cancelar
Filmes Gays e Séries Gays

Por que assistir o filme japonês “Ai no Kotodama”

20 de maio de 2015

Ai No Kotodama é um filme japonês com conteúdo homossexual lançado em 2008, e que é baseado em um mangá de mesmo nome. Segundo minhas pesquisas, a tradução para o título do filme seria algo parecido com “Linguagem do amor” ou “Palavras de devoção”.

Este é um filme chocante para os padrões brasileiros. Quando li a sinopse não sabia identificar se aqueles nomes japoneses eram de homens ou de mulheres, mas Tachibana e Ootani são dois homens, na verdade dois meninos que acabaram de sair da escola e decidiram morar juntos. Tachibana é um instrutor de informática e Ootani é ajudante num restaurante.

Apesar disso, os rapazes parecem ter dificuldades para se assumir como um casal de verdade na frente dos outros, principalmente Tachibana. Mas mesmo sendo muito diferentes, os dois são felizes juntos e tem uma convivência agradável, até surgir Yuki, uma amiga da escola que se apaixona por Tachibana, deixando Ootani com ciúmes.

Yuki começa a dar em cima de Tachibana, convidando o rapaz para sair ou para conhecer sua casa e dando presentes pessoais. Ootani começa a desconfiar que Tachibana está aceitando as investidas de Yuki, e os dois brigam. As brigas começam a ficar mais constantes ao ponto dos dois decidirem não morar mais juntos para evitar mais discussões.

Basicamente o filme é só isso, brigas por causa de ciúmes e a dúvida se Tachibana corresponde ou não ao amor de Yuki. Em alguns momentos do filme, você até chega a acreditar que Tachibana está mesmo gostando de Yuki, talvez até goste mas não a ama, o que fica claro no final do filme.

Passado o choque do primeiro contato, depois comecei a gostar do filme. É um outro ponto de vista, um tipo de romance que não estou acostumada a ver, mas depois você se acostuma e até acha “normal”. Geralmente, não gosto de filmes românticos, são melosos e bobos, mas os romances japoneses são diferentes e esse filme é diferente.

É um bom filme por que te prende, você quer saber como vai terminar, você torce pelos personagens, e eu gosto muito disso em um filme, por isso eu altamente recomendo.

PinkPopCorn