Lembrar-me
A senha será enviada por e-mail para você
Por favor digite seu usuário ou endereço de e-mail. Você receberá um linkpara criar um nova senha via e-mail
Cancelar
Filmes Gays e Séries Gays

Como não amar o filme ”Do começo ao fim”

1 de janeiro de 2015

“Perdoa-me, Cordélia, mas a não ser tu, minha irmã e tão bela, não tive um nítido e premente desejo por mulher alguma. Mas sempre gosto de ser chupado. Então às vezes seduzo algumas de beiçolinha revirada. Mas o falo na rosa, nas mulheres, só ‘in extremis’. Há em todas as mulheres um langor, um largar-se que me desestimula. Gosto de corpos duros, esguios, de nádegas iguais àqueles gomos ainda verdes, grudados tenazmente à sua envoltura. Gosto de cu de homem, cus viris, uns pêlos negros ou aloirados à volta, um contrair-se, um fechar-se cheio de opinião. E as mulheres com seus gemidos e suas falações e grandes cus vermelhuscos não me atraem. Bunda de mulher deve dar bons bifes no caso de desastre na neve. Lestes sobre os tais que comeram os amiguinhos e amiguinhas congelados? Voltando à nadegas. As tuas. Douradas e frescas. Tu foste única. Tuas nádegas também. Firmes, altas, perfeitas como as de um rapaz. ”

(Trecho do livro “Cartas de um sedutor” de Hilda Hilst)

Do

Este trecho do fabuloso livro “Cartas de um sedutor” de Hilda Hilst é lido pela personagem Francisco, no filme “Do começo ao fim”. Este filme é simplesmente lindo e perfeito, repleto de momentos sensíveis e poéticos, emocionei-me “do começo ao fim”. Impossível não se encantar com a história de Tomás e Francisco.

E o mais impressionante é o fato de que narrativa do filme é feita de uma forma distinta e especial, o foco não recai sobre o “incesto”, ou sobre a relação homossexual que se estabelece, como pensamos de início.

O foco narrativo deste filme é o amor. Aluizio Abranches, o diretor, acertou no modo como conduziu essa bela história.

Filmes como este são o sinal de que muitos preconceitos e tabus estão a ser repensados e senão totalmente quebrados, pelo menos há quem os questione, quem os discuta, quem lance luzes sobre coisas que a sociedade acostumou-se a deixar por de baixo do tapete.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 comentário

  1. TACIANO disse:

    MUITO LINDO ESSE FILME,EU TAMBÉM ME EMOCIONEI DEMAIS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! O AMOR ENTRE OS DOIS MEIO- IRMÃOS É TOCANTE,CATIVANTE E NOS FAZ ESQUECER ESSE PEQUENO DETALHE DE QUE SÃO = MEIO IRMÃOS= E NOS FAZ TORCER PRA FIQUEM JUNTOS ATÉ QUE A INTROMETIDA MORTE OS SEPARE!!!!!!!!!!!!!!!!!!! O FINAL FOI MARAVILHOSO,E OS ATORES LINDOS QUE PROTAGONIZARAM ESSA ESTÓRIA SÃO UM COLÍRIO AOS NOSSOS OLHOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!! SIMPLESMENTE SENSACIONAL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!